domingo, 26 de agosto de 2012

A Loucura e o Impossível

A loucura e o impossível

A loucura e o impossível deveriam se casar
Uma é difícil de acompanhar
No outro não dá para chegar
Mas a loucura ama o impossível
Esse apenas a loucura pode esperar

A loucura enxerga o caminho
Onde é impossível passar
A loucura visa a vida
Onde impossível é prosperar

A loucura existe e insiste
Contra tudo que ninguém vê
O impossível apoia a todos
Mas não tem oportunidade de falar não há de que

O impossível e a loucura vocês não podem crer
O que eles buscam não pude entender
Agora o que quero apenas conseguir
É viver como eles e como eles sentir

5 comentários:

  1. Não consegui postar essa porra em forma de poema...se alguém souber como me avisa ae...

    ResponderExcluir
  2. Acho que consegui consertar a formatação.

    Maneiro, cara. Tá entrando na onda da loucura agora, tipo Alex? rsrs
    Gostei das ideias desenvolvidas aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tipo Alex num dá né fera,rsrsrs...valeu pela ajuda na formatação...

      Excluir
  3. Boa, cara. Sabe que eu não curto muito poesia sem uma batida no fundo rs, mas essa aí ficou maneira.

    Pára de frscura e solta a de ilha também.

    ResponderExcluir
  4. Show de bola. Mas sempre que leio poesia nao entendo nada.

    ResponderExcluir