quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Parábolas



"Quem tem ouvidos para ouvir, ouça..."

"Havia um monarca que não governava seu reino com justiça, nem atentava para as necessidades de seu povo.

Eis que surgiu um rival mais inteligente e competente e, temendo perder seu poder, o rei aproximou-se do sacerdote local oferecendo-lhe vantagens no palácio desde que este fizesse o povo acreditar que ele fosse o verdadeiro ungido.

Assim fez o sacerdote, a população se conformou e o rival foi para o exílio. O rei continuou governando em beneficio próprio e o povo continuou sofrendo."

Cuidado com os falsos profetas.



"Havia um senhor de terras que possuía um vasto pasto que estava tomado de insetos cujo veneno era mortal.

Ele precisava limpar suas pastagens para fazer sua plantação, mas nenhum de seus servos quis realizar o serviço.

Aconteceu que esse homem era próximo de um pastor de ovelhas, que concordou em espalhar seu rebanho no pasto em troca de uma parte das colheitas.

Durante dias as ovelhas pastaram e limparam o terreno, no entanto, foram ferroadas dezenas vezes e todas morreram.

O homem plantou seus grãos e o pastor recebeu sua paga."

Cuidado com os maus pastores.

Um comentário: